Lucro Líquido da Azul Cresce R$122 milhões no 1T17

Margem operacional recorde de 11%, apesar do aumento de 54% no WTI ano a ano

Azul S.A., “Azul”, a maior companhia aérea do Brasil em número de cidades servidas, anuncia hoje seus resultados para o primeiro trimestre de 2017 (“1T17”). As informações financeiras apresentadas a seguir, exceto onde indicado, estão de acordo com as normas contábeis IFRS (International Financial Reporting Standards) e em Reais.

Destaques Financeiros e Operacionais do 1T17

  • Azul registra lucro operacional de R$205,2 milhões, com margem de 11,0%, comparado com R$7,0 milhões no 1T16, margem de 0,4%, um resultado operacional recorde no primeiro trimestre para a Azul.
  • O EBITDAR aumentou 36% para R$562,2 milhões, representando uma margem de 30,0%.
  • O lucro líquido do período foi de R$55,3 milhões, comparado com um prejuízo líquido de R$66,9 milhões no 1T16.
  • A receita total por ASK (RASK) e a receita de passageiros por ASK (PRASK) aumentaram 9,4% e 5,5% na comparação anual, totalizando 29,35 centavos e 25,07 centavos, respectivamente.
  • Onúmero de passageiros transportados (RPKs) aumentou 7,0% frente a um aumento de 2,7% na capacidade, resultando no crescimento da taxa de ocupação, que passou de 78% no 1T16 para 81% no 1T17.
  • As despesas operacionais por ASK, excluindo combustíveis (CASK ex-fuel), reduziram 6,9%, enquanto o CASK diminuiu 2,2%, apesar do aumento de 54% no WTI na comparação anual.
  • As despesas financeiras reduziram 35,3%, de R$215,3 milhões para R$139,3 milhões.
  • No final do 1T17, a posição de caixa¹foi de R$ 1,5 bilhões, o que representa 22% da receita dos últimos 12 meses. Esse caixa não inclui os recursos do IPO, concluído em abril.
  • No 1T17 foram pagos R$ 401,2 milhões de dívida de capital de giro.
  • A frota operacional da Azul contava com 122 aeronaves no final do trimestre, redução de oito aeronaves em relação ao 1T16.
  • O TudoAzul apresentou crescimento de 53% no seu faturamento bruto em relação ao 1T16 (excluindo a Azul).
  • A Azul foi classificada como a companhia aérea mais pontual da América do Sul, de acordo com o ranking On-Time Performance2017, divulgado pela Official Airline Guide (“OAG”), uma das principais provedoras de informações de voos, e teve 87,6% de seus voos operados dentro do horário previsto, durante os doze meses encerrados em 31 de março de 2017.

1[1]Inclui caixa e equivalentes de caixa, aplicações financeiras circulantes e não circulantes e aplicações financeiras vinculadas circulantes e não circulantes.

Fonte: Assessoria de Imprensa




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *