Sulista cresce 17% e fecha o ano com saldo positivo

Apesar da instabilidade política e econômica, transportadora investiu em mais ativos, tecnologia e pessoas

Josana Teruchkin, diretora executiva da Sulista

O difícil ano de 2018 marcou boa parte das empresas e indústrias brasileiras. Além da instabilidade política, a paralisação dos caminhoneiros por 10 dias bloqueou o país e causou danos de abastecimento e muitos prejuízos. Apesar dos desafios, houve quem decidiu investir e avançar no planejamento. É o caso da Transportadora Sulista. Com investimentos na ordem de R$12 milhões, a empresa cresceu 17% em relação ao faturamento de 2017 e fecha o ano com saldo muito positivo, já que a previsão de crescimento era de 15%. “Conquistamos novos negócios e nossos clientes tiveram crescimento, principalmente os que operam na linha de veículos pesados, como os caminhões”, avalia Josana Teruchkin, diretora executiva da Sulista, que também credita os bons resultados aos custos bem ajustados e boa produtividade operacional. “Isso nos permitiu equilibrar um pouco o desvio causado pela greve dos caminhoneiros, que teve grande impacto no resultado do negócio em 2018”, completa Josana.

Muito alinhada com a sustentabilidade, a empresa investiu na certificação ISSO 14001, importante conquista deste ano e validou, assim, o compromisso da Sulista e de seus fornecedores com práticas sustentáveis, a prevenção e proteção ambiental.

Novo aplicativo e Área de Projetos

Entre os destaques da Sulista em 2018 está o lançamento do seu APP, uma ferramenta inovadora no mercado de transportes. Com ele, o cliente consegue integrar facilmente informações de sua logística de entrada e saída de materiais, com apenas um click. Ele tem acesso, em tempo real, direto do celular, às informações de sua carga, sem a necessidade de entrar em contato com a transportadora. “No caso de uma carga crítica, por exemplo, essas informações online podem fazer uma enorme diferença”, conta Josana.

Outra novidade na Sulista foi a estruturação da Área de Projetos. Responsável pela identificação de oportunidades de melhorias internas e externas, o departamento trabalha principalmente na fidelização de clientes com projetos no conceito ganha-ganha. “Por meio da atitude de parceria, compartilhando melhores práticas, algo que já faz parte do DNA da Sulista, buscamos conhecer a operação dos clientes e encontrar formas de fazer diferente, fazer melhor o nosso trabalho”, conta Josana. A diferença, muitas vezes, está em reduzir estrutura, aumentar a capacidade de transporte por meio de veículos especiais, sinergia de operações e alteração de horários que resultem em menores custos, tanto para o cliente como para a empresa.

“É uma área nova que crescerá muito dentro de nossa organização, pela relevância que os clientes dão aos projetos de melhoria contínua e o reconhecido sucesso que estamos tendo com os projetos já implementados”, completa Josana, que entende que a área de projetos será fundamental para a fidelidade dos atuais clientes e para conquista de novos.

Planos para 2019

Se o ano de 2018 fecha bem, em 2019 a Sulista espera resultados ainda melhores. O plano é crescer cerca de 20%. “Trabalharemos para conquistar novos clientes e seguiremos com o processo de diversificação para novos segmentos”, conta Josana, que aguarda a nova frota, com 40 ativos adquiridos este ano, que chegará durante o primeiro semestre de 2019.

Entre os desafios está o tabelamento do frete, a instabilidade que a medida causou no mercado e a perda da condição de livre negociação.

A inovação constante em tecnologia, que sempre faz parte dos planos da empresa, contará com o desenvolvimento de um novo módulo no ERP, com indicadores de performance em tempo real. Além disso, a Sulista se prepara para os próximos cinco a dez anos, com um planejamento estratégico que deve acontecer já no mês de janeiro do próximo ano.

Assessoria de Imprensa

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com