Rumo promove ações de inovação no setor ferroviário

Companhia estrutura roadmap para projetar futuro da ferrovia e desenvolve Provas de Conceito (POC) com startups paranaenses

Discussões-e-resultados-do-encontro-serão-utilizados-para-estruturar-um-roadmap-com-os-desafios-e-oportunidades-do-setor—Divulgacao-Rumo

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do agronegócio e da indústria brasileira, a Rumo, maior operadora de ferrovias do país, está desenvolvendo uma série de ações conjuntas de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) no transporte de cargas. Liderada pela área de Inovação e Tecnologia, as iniciativas buscam soluções e projeções para aumentar a eficiência e a competividade da operação ferroviária.

Em parceria com o SENAI, a empresa promoveu na semana passada, uma oficina de trabalho com representantes e especialistas da área para traçar o panorama da ferrovia até 2040. Realizado na sede do Sistema FIEP (Federação das Indústrias do Paraná), em Curitiba (PR), as discussões e resultados do encontro serão utilizados para estruturar um roadmap com os desafios e oportunidades do setor.

Roberto-Rubio-Potzmann,-diretor-de-Tecnologia-da-Rumo-fala-sobre-os-desafios-e-oportunidades-do-setor-ferroviário—Divulgacao-Rumo

“Projetos como esse são fundamentais para discutir tecnologias disruptivas em um ambiente tão controlado como o setor ferroviário”, destaca Roberto Rubio Potzmann, diretor de Tecnologia da Rumo. “É uma ação com visão de futuro. Analisamos diversos aspectos da cadeia produtiva e estudamos várias possibilidades para tornar mais competitivo o modal ferroviário”, acrescenta.

De acordo com o diretor do Senai Paraná, José Antônio Fares, trata-se de um modelo de negócio científico. “São projeções que falam da transformação e das oportunidades tecnológicas. É um processo que vai contribuir para as próximas gerações”, afirma.

Inovação na prática

A Rumo celebrou no dia 7 de maio um ano do ciclo de atividades no Distrito Spark CWB. O hub liderado pela Companhia, ao lado do Conglomerado Financeiro Barigui e Bosch, já se tornou a principal referência na capital paranaense para o relacionamento com o ecossistema de inovação e incentivo a projetos de startups, institutos de pesquisa aplicada, universidades e outras instituições.

Grande proponente de iniciativas que possam otimizar a operação ferroviária, a concessionária está estreitando parcerias com empresas emergentes no setor tecnológico. “Com a dinâmica de experimentar, falhar, aprender e repetir, as startups conseguem propor soluções que geram ganhos de produtividade e redução de custos”, explica Lucas Tomas, gerente de Inovação da Rumo.

Para a execução destas atividades, a Rumo promove as chamadas Provas de Conceito (POC). No primeiro ano de projetos no Distrito, a empresa realizou duas POCs com as startups 4vants e Senscar. A primeira, consistiu em testes de aero inspeção dos trilhos e da faixa de domínio, enquanto a segunda é focada no desenvolvimento de sensores que monitoram os padrões de segurança do condutor do veículo.

Assessoria de Imprensa

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com