Governo peruano deverá importar arroz do Brasil

Requisitos fitossanitários que permitem a importação forma publicados no início de maio

De acordo com a resolução, os envios devem contar com Permissão Fitossanitária de Importação emitido pelo Senasa | Foto: Reprodução

De acordo com a resolução, os envios de arroz devem contar com Permissão Fitossanitária de Importação emitido pelo Senasa | Foto: Reprodução

O Serviço Nacional de Sanidade Agrária (Senasa) da Organização Nacional de Proteção Fitossanitária (ONPF) do Peru publicou no início deste mês os requisitos fitossanitários para a importação de grãos descascados de arroz do Brasil.

De acordo com a resolução, os envios devem contar com Permissão Fitossanitária de Importação emitido pelo Senasa, obtido pelo importador ou pelo interessado, antes da certificação e do embarque no país de origem ou de procedência.

Certificados

As partidas devem estar acompanhadas de certificado fitossanitário oficial emitido pelo Brasil, que ateste que o produto está livre de Corcyra cephalonica e Oryzaephilus mercator, e que foi fumigado com fosfina (usada para erradicar ou minimizar pragas que surgem durante a armazenagem)

Em 2016, o Peru importou de todo o mundo US$ 165,4 milhões em arroz com casca e descascado.

Fonte: Ministério da Agricultura




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *