GEODIS realiza consultoria de sucesso para HP Inc.

Pioneiro no mercado brasileiro, projeto possibilitou reduzir custos e elevar nível de serviço

GEODIS_portalInovação, empreendedorismo, aprendizado e quebra de paradigma. Essas quatro frentes ajudaram a GEODIS a realizar um RFQ (Request for Quotation) para a empresa multinacional de tecnologia, HP Inc. (antiga Hewlett-Packard Company). Considerado um case pioneiro no Brasil, devido à sua alta complexidade e detalhamento, o projeto consistiu em uma consultoria nos processos de Compras, onde a GEODIS adicionou valor através da experiência, do expertise e do emprego de um software desenhado para tal, o GeoSource. O processo foi comandado no Brasil pela divisão GEODIS SUPPLY CHAIN OPTIMIZATION (GSCO), culminando assim em uma concorrência entre LSPs (Logistics Service Providers), de acordo com as necessidades da unidade da HP Inc. no país.

“O projeto foi entregue com reconhecido sucesso pela corporação, mesmo em meio ao momento econômico complicado, onde conseguimos bons resultados, inclusive elevando o nível de serviço e também reduzindo os custos”, comenta o Logistics Country Manager da HP Inc., Cassio Lopes.

GeoSource

Lucélia Gonçalves, SCO Brazil Manager da GEODIS

Lucélia Gonçalves, SCO Brazil Manager da GEODIS

Lucélia Gonçalves, SCO Brazil Manager da GEODIS, explica que o GeoSource é um sistema de Procure- ment Intelligence baseado na França. “Ele possui a capacidade de receber dados diretamente dos participantes, através de um login e senha confidenciais. Por ser um sistema GEODIS, o mesmo é facilmente customizável às necessidades locais de qualquer país no mundo”, explica.

Além de Lucélia, também atuaram Raissa Rezende e Marcelo Soares, Procurement Consultants; Re‑­gis Groppo, Procurement Manager; Laurent Escande, Business Analyst e Marcus Yoshida, Project Manager. Para Lopes o projeto foi muito além da inovação que propôs. “As empresas de uma forma geral possuem políticas internas de realizarem processos de cotação no mercado de tempos em tempos, e na HP Inc. não é diferente. Desde a metade de 2016 começamos a analisar de que maneira faríamos isso sem cair na mesmice, e iniciamos a busca de quais empresas poderiam agregar tecnologia a essa consultoria”, detalha Lopes.

Atividades

O trabalho da consultoria começou efetivamente em novembro de 2016, e a implementação finalizada em julho deste ano. Segundo Marcelo Soares e Raissa Rezende, um dos maiores desafios é entender que a logística é um processo que depende de vários outros subprocessos. “Nesta consultoria atuamos em diversas frentes para que conseguíssemos entregar o todo. Desta forma, podemos listar as atividades de Warehouse, Transporte, IT, Business Controls, Gerenciamento de Riscos, Procurement, Suppliers atuais e novos”, contam.

De acordo com Lopes, a primeira fase do projeto implicou na comunicação constante entre HP Inc. e GEODIS, com reuniões semanais presenciais, e contatos diários. Após isso, começou o processo de escolha dos LSPs que poderiam suprir as demandas apresentadas pela HP Inc.

“A GEODIS foi responsável por preparar o sistema para o recebimento das informações dos LSPs participantes do RFQ, em rodar os cenários e nos trazer os resultados destas simulações. Fechado o resultado com as melhores empresas colocadas, a GEODIS nos ajudou na implementação com a gestão de projetos”, explana o executivo.

Assim, com o auxílio da GEODIS, foram sendo avaliados, através do software, as empresas que poderiam atender à demanda da HP Inc., gerenciando os riscos, uma vez que a multinacional tem em seu portfólio desde equipamentos portáteis, de impressão a computação, até soluções de impressão industriais gigantescas, que precisam de serviços especiais de entrega em cada região do Brasil.

Ao todo, foram convidados seis LSPs para participarem da concorrência, sendo ao final escolhidas duas – uma já parceira da HP Inc. e uma nova. “A GEODIS também contribuiu na elaboração de toda a documentação necessária e nas apresentações para cada parceiro, personalizadas de acordo com o perfil de cada um”, conta Donizeti Eustachio, Americas Logistics Procurement da HP Inc.

“Fechamos o resultado no final de maio e no início de julho já estávamos começando a rodar alguns pilotos com o novo parceiro, conectado com os nossos principais sistemas, foi muito rápido”, complementa Lopes. Um ponto importante durante a execução do projeto foi a neutralidade e confidencialidade, “visando garantir transparência e eficiência do resultado da concorrência”, como esclarece Lopes.

Resultados

Marcelo Soares e Raissa Rezende, Procurement Consultants e Regis Groppo, Procurement Manager

Marcelo Soares e Raissa Rezende, Procurement Consultants e Regis Groppo, Procurement Manager

Segundo Lucélia, o sucesso da implementação, após o completo mapeamento, gerenciamento e eliminação de barreiras, só foi possível por meio do grande envolvimento das equipes, com o suporte de tecnologia. “Antever riscos, atuar nas soluções, também foi essencial para implementação em curto espaço de tempo”.

Para Eustachio, o processo foi um aprendizado. “Precisamos estar preparados para aceitar esse tipo de desafio, por isso foi uma quebra de paradigma, escutar e compartilhar experiências. Agregou muito valor e gerou bons frutos. O trabalho foi mais que uma consultoria, foi experiência, relacionamento, troca de informações”.

“Conseguimos sim o resultado que estávamos buscando, de uma forma diferente do que estávamos habituados, principalmente na forma como o time da GEODIS encarou positivamente o projeto, disponibilizando sua ferramenta de cotações, visando agregar de valor. Certamente enfrentamos algumas dificuldades no caminho, mas sempre foram encaradas pela GEODIS e pela HP Inc. de forma positiva. Vale frisar que o pioneirismo do modelo aplicado dentro da HP Inc. no Brasil foi reconhecido como um sucesso pela corporação a nível internacional”, finaliza Lopes.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *