Search
15 dezembro 2017
  • :
  • :

Fantasma do desemprego influencia executivo a regredir um passo na carreira

Pesquisa da Michael Page revela que 38% consideram voltar ao mercado ganhando menos e 12% mudar rumo de atuação para não ficar sem trabalho

As sucessivas elevações da taxa de desemprego têm impactado no plano de carreira de muitos executivos. É o que revela novo levantamento da Michael Page, empresa líder mundial em recrutamento executivo de média e alta gerência, parte do PageGroup.

A pesquisa foi realizada em março deste ano com a participação de 400 executivos de alta e média gerência para entender o comportamento desse público em relação à regressão na carreira.

Motivos para aceitaria dar um passo atrás na carreira – Seja para se recolocar no mercado ou mudar os rumos de atuação.

O estudo apontou que 38% dos executivos aceitam sair da fila do desemprego ganhando menos quando comparado à experiência anterior. Para 12% que se identificaram em risco eminente de perder o emprego, mudar rumo de atuação seria alternativa para não ficar sem trabalho. Um grupo de 23% informou que mudaria para sua área favorita em troca de remuneração menor. Diminuir o ritmo para tocar outros projetos foi alternativa de 18%. Ter tempo para estudar representou 9% das respostas.

“Regredir um passo na carreia não representa necessariamente uma derrota para um executivo. Parte da trajetória profissional de um empregado pode ser marcada por essa fase, seja para ajuste de foco, transição de área ou redirecionamento profissional. Essa vivência pode ser muito valiosa e até mesmo impulsionar a vida desse executivo, contribuindo para novas experiências e aprendizado”, explica Tomás Jafet, gerente executivo da Michael Page.

Quais fatores seriam os mais difíceis para dar um passo atrás na carreira?

A pesquisa procurou entender quais fatores seriam mais difíceis para dar um passo atrás na carreira. O aspecto financeiro foi o mais mencionado, com 54% das respostas. Conhecimento sobre a área foi a opção de 29%. Conhecer a rotina de trabalho seria dificuldade para 10%. Para 5%, interagir com novos líderes. E em 2% dos casos, lidar com pessoas mais novas.

Crescimento e felicidade impulsionam mudança

O levantamento quis descobrir a real intenção dos executivos ao regredir uma etapa profissional, pensando no crescimento em longo prazo ou felicidade. Mais da metade (55%) aceitariam voltar, desde que possibilitasse felicidade profissional. De acordo com 32% dos respondentes, optaria em dar um passo atrás se houvesse proposta ou convite para algo novo, seguido por aqueles que não fariam isto e daria um passo atrás, mas não em 2017 (5%). Outros 3% não acreditam nessa ideia e preferem seguir o padrão atual.

“Há situações na carreira de um profissional que nem sempre são muito lineares. Acontecem casos nessa jornada que possibilitam essas mudanças e, em razão de um equilíbrio maior e mais qualidade, esse passo atrás pode ser bem importante para um executivo ter mais sucesso. Os dados mostram que as pessoas estão dispostas a traçar esse caminho em busca da felicidade e de um projeto maior”, conclui.

Executivos destacam senso de propósito e resiliência em processo de mudança

Toda e qualquer mudança na carreira de um profissional costuma impactar no comportamento e na rotina de trabalho, ainda mais quando se trata de uma decisão difícil como dar um passo atrás na carreira. Para superar esse desafio, 43% acreditam no senso de propósito. A resiliência é essencial para 34%, seguido por liderança (12%), vivência internacional (6%) e network (5%).

“Muitas empresas trabalham com o pacote de bônus desenhado para o executivo atingir metas individuais, que incidem diretamente nos resultados de cada um, até para estimular os profissionais a propor novos projetos e resolver pendências específicas. Portanto, quando o executivo percebe alguma alteração, por diversos motivos – incluindo o cenário econômico – nos números de sua performance, ele tende a ser mais conservador na projeção de ganhos”, finaliza Jafet.

Fonte: Assessoria de impressa Michael Page, adaptado Portal Cargo News

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com