Search
18 novembro 2017
  • :
  • :

CEVA continua apresentando avanços positivos

CEVA Holdings LLC
Resultados do Segundo Trimestre / Primeiro Semestre encerrado em 30 de junho de 2017

  • 2ºT com forte aumento de receita de 6,4% em moeda constante;
  • EBITDA Ajustado de US$ 70 milhões, representando aumento de US$ 9 milhões em moeda constante;
  • Sólido crescimento de volume e redução de custos através do Programa de Excelência superaram e contrabalançaram as turbulências do mercado de transporte Aéreo e Marítimo;
  • Crescimento contínuo de receita e melhora das margens em Contratos Logísticos;
  • Primeiro semestre com aumento de US$ 68 milhões no fluxo de caixa operacional comparado ao ano anterior em virtude d maior lucro e foco no capital de giro;
  • Previsão de melhora do EBITDA e do fluxo de caixa em 2017.

Hoofddorp, Holanda – A CEVA Holdings LLC (“CEVA” ou “Empresa”), uma das líderes globais em gestão de cadeia de abastecimento não baseada em ativos, divulgou os resultados do primeiro semestre do ano encerrado em 30 de junho de 2017.

Indicadores

“O 2ºT apresentou mais avanços comparado ao 1ºT, com aumento de receita, lucratividade e fluxo de caixa, apesar da turbulência do mercado. “Nosso esforço indireto foi ainda mais forte”, disse Xavier Urbain, CEO da CEVA. “O Programa de Excelência juntamente com um foco incansável na execução impecável e produtividade está demonstrando um forte progresso e teremos um impacto maior nos próximos trimestres. Avançamos muito em termos de redução de custos e fluxo de caixa e continuamos fechando novos contratos. Considerando este desempenho, confirmamos nossa previsão de resultados robustos de EBITDA e fluxo de caixa em 2017”.

Gerenciamento de Fretes

No 2ºT, Gerenciamento de Fretes atingiu um crescimento de receita de 8,8% em relação ao ano anterior em moeda constante, com aumento de 15,6% no volume de Frete Aéreo, principalmente nas rotas comerciais Transpacífico e Intra-Ásia, e de 3,5% em Frete Marítimo, ambos em relação ao ano anterior, impulsionado por volumes provenientes da Ásia e da Europa para o Oriente Médio.

Embora a situação do mercado continue difícil em virtude do aumento das tarifas de transporte, o rendimento se manteve em níveis relativamente bons. O aumento de produtividade através da implantação do nosso Programa de Excelência gerou redução das despesas operacionais diretas conforme os registros, que mitigou o impacto do ambiente tarifário.

O EBITDA de Gerenciamento de Fretes no 2ºT foi de US$ 20 milhões, representando um crescimento de US$ 2 milhões em moeda constante.

Contratos Logísticos

Os novos contratos, especialmente nos setores Automotivo, Bens de Consumo & Varejo e de Comércio Eletrônico garantiram aumento contínuo das vendas de Contratos Logísticos no segundo trimestre. A receita cresceu 4,5% em moeda constante

O EBITDA de Contratos Logísticos no 2ºT foi de US$ 39 milhões, com crescimento de US$ 6 milhões em moeda constante. Os resultados positivos gerados pelo nosso Programa de Excelência juntamente com as melhorias em contratos específicos levaram a um aumento de margem de 50 bps (pontos-base).

Resultados Financeiros

A receita do segundo trimestre foi de US$ 1.721 milhões, com aumento de 6,4% em moeda constante e de 3,3% na moeda vigente. Isto representa uma aceleração adicional ao crescimento nos trimestres anteriores. No primeiro semestre, a receita foi de US$ 3.317 milhões, representando um aumento de 5,8% em moeda constante e de 2,6% na moeda vigente.

No segundo trimestre, o EBITDA ajustado atingiu US$ 70 milhões, representando aumento de US$ 9 milhões em moeda constante comparado ao ano anterior. No primeiro semestre, o EBITDA ajustado foi de US$ 124 milhões, com aumento de US$ 11 milhões em moeda constante comparado ao ano anterior. O aumento dos lucros foi impulsionado pelo crescimento e redução de custos alcançados com o Programa de Excelência, que superaram e contrabalançaram as pressões sobre as margens de Frete Aéreo e Marítimo. A redução contínua de custos servirá de apoio para os lucros nos próximos trimestres.

No segundo trimestre, o fluxo de caixa operacional foi de US$ 72 milhões, representando um aumento de 55 milhões em relação ao ano anterior, refletindo melhores lucros e o foco contínuo no capital de giro. No primeiro semestre, o fluxo de caixa operacional aumentou US$ 68 milhões em relação ao ano anterior. A CEVA implantou novas iniciativas para reduzir estruturalmente o capital de giro e melhorar o fluxo de caixa.

Fonte: Assessoria de Imprensa




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com